26 de maio de 2008

O Desempenho do Ator na Construção do Riso

UFFFA!.. Demorou, mas aqui está.

Pronto! Agora vocês podem ler o que fiquei mais de dois anos elaborando. Essa dissertação é o resultado de uma pesquisa que começa informalmente quando eu me iniciei nos estudos das artes cênicas e tive contato com as obras do mestre Constantin Stanislavski. Vi que era possível ter respostas para muitas coisas que normalmente consideramos ser assim porque assim é. O desenvolvimento de uma técnica específica sobre o fazer artístico sempre me fascinou. Sempre quis saber como funciona o Riso e seus mecanismos de construção. Tive a oportunidade de conviver e trabalhar com artistas fenomenais que foram contribuindo com meu conhecimento e ampliando as minhas dúvidas, e foram elas, as dúvidas, que definiram o caminho que me trouxe a esse resultado.
É bom dizer que essa dissertação não tem a pretensão de trazer respostas definitivas para nenhuma das dúvidas que me acompanharam por esse caminho, ela apenas atendeu as minhas necessidades imediatas de definir parâmetros para a condução das minhas criações cômicas.
Sobre o nome da dissertação A Dramaturgia de uma Atuação Cômica, em tempo é bom esclarecer que esse não é o nome oficial. O nome oficial é resultado de um pequeno equívoco, ao registrar o título da dissertação em um documento no Departamento de Extensão acabei esquecendo duas palavras “de uma” ficando registrado, A Dramaturgia da Atuação Cômica, o que é muito pretensioso, só que quando me ative para esse erro era impossível mudar. Para quem for procurar nos registros oficiais da Universidade o nome que vale é esse segundo.
Com esta publicação dou início a nova seção desse blog, denominada Falando Sério Sobre o Riso, com a proposta de publicar ensaios, idéias, artigos, comentários, anedotas e todas as possibilidades que contribuam para ampliar e estimular o exercício da criação cômica. Em breve serão publicadas na integra as diversas entrevistas realizadas em função dessa dissertação, é só obter autorização dos entrevistados.
Para os que gostam do fazer prático, tenho disponível uma oficina de 20 horas onde se conhece e pratica os fundamentos da Dramaturgia de uma Atuação Cômica – O desempenho do ator na construção do Riso. Logo terei mais informações aqui no Blog, mas por enquanto podem entrar em contato pelo meu e-mail: zeregino@gmail.com
Gostaria muito que as pessoas que se aventurassem a ler essa dissertação, façam seus comentários. Quero estabelecer uma discussão sobre o fazer da construção cômica. Está feito o convite.
Quanto a essa dissertação e qualquer material dessa seção, Falando Sério Sobre o Riso, que for de minha autoria, é permitida a reprodução total, parcial, fazer plágio, utilizar como sendo seu, desde que a sua atitude esteja contribuindo para ampliar o fazer cômico. Acredito que nesse momento em nosso planeta, importante tanto quanto ter alimento para todas as pessoas, é poder servir de sobremesa estímulos para uma boa Gargalhada.
Vida longa a todos os que utilizam o Riso como forma de comunicação.
Beijos de carinho e boa sorte!
E por favor, não leve a vida tão a sério, tudo pode não passar de uma grande brincadeira.
Ah! Boa Leitura...


José Regino
Berlim, ano 2008 d.C.






VER E ESCREVER COMENTÁRIO